@destaque-blog

Dividir a casa com a esposa, marido ou parceiro(a) nem sempre facilita na hora de montar a decoração da casa. Gostos singulares ou até mesmo estilos peculiares acabam divergindo para compor um ambiente. Mesmo assim, ainda há maneiras de formar um belo espaço unindo as vontades de cada um.

Se um dos moradores gosta de decoração retrô e o outro é mais adepto à contemporaneidade, a recomendação é que sejam usadas peças inspiradas nos anos 50 e que o contraste fique por conta de um visual mais clean composto por mesas de vidro e espelhos. Agora, se a opção é por criar um ambiente moderno, é bom investir nas características do estilo contemporâneo com cores neutras, branco e preto. Ainda assim, os tons mais vibrantes oriundos do retrô podem causar um impacto interessante no local.

Para dar um ar mais romântico, enquanto o companheiro prefere uma decoração atual, não é preciso conflitar. Itens provençais, como móveis de madeira pintados de branco e papéis de parede florais, conferem delicadeza ao espaço e, para não perder o estilo moderno, utilize a marcenaria lisa.

O formato rústico traz mobiliário acolhedor para dar a sensação de que se está no campo. Quando um dos moradores faz questão de uma decoração mais campestre, a sugestão é utilizar pastilhas de pedras naturais na parede contrastadas com tapete persa, sofá de couro e janelas de vidro amplas.

Levando esses itens em consideração, você pode agregar um ou mais estilos e ainda criar um espaço personalizado na sua residência.

@tripa