17-12-dest

Quando uma obra começa, sempre leva um certo tempo para acabar. Todo mundo gosta de ver o resultado, é verdade. Mas só de pensar que o orçamento vai apertar na hora de trocar o piso, dá uma dor de cabeça. Não se preocupe! Saiba que o quebra-quebra não é o único jeito de solucionar o seu problema: tapetes que cubram o revestimento antigo, por exemplo, podem ser uma ótima opção.

Quer mais opções? Vamos às dicas de como mudar o piso sem precisar colocar as mãos à obra.

Arte no piso: Se não dá para esconder o piso, chame toda a atenção para ele. Aposte em cores e padrões diferentes para renovar o revestimento, que antes parecia sem graça. Você pode aplicar grafite diretamente no concreto do contrapiso, por exemplo.

Restauro: A madeira é um material tão nobre, que é difícil se desfazer de um piso feito com este material, mesmo quando ele está com uma aparência velhinha e desgastada. A ideia, então, é recuperá-lo, deixando seu visual como novo. A maneira mais rápida e eficaz é passar verniz ou resina à base de água.

Piso vinílico: O revestimento de PVC é uma solução prática, já que o produto pode ser aplicado sobre o piso existente. Com uma espessura de apenas 3mm, não causa uma grande alteração no nível, gerando problemas na abertura das portas, por exemplo. Além disso, há diversas cores disponíveis no mercado. Alguns modelos são estampados e outros até imitam pisos de madeira.

Pintura: A pintura com tinta epóxi (um tipo de tinta mais espessa e resistente, desenvolvida à base de uma resina) pode transformar qualquer tipo de piso: taco, cerâmica e até carpete de madeira. Em uma decoração mais rústica, é possível até aplicá-la diretamente sobre o contrapiso.

Tapetes modulares: Algumas lojas disponibilizam tapetes modulares que podem ser costuradas de acordo com as medidas do ambiente. Assim, você consegue cobrir toda a área do piso com as cores, estampas e materiais que escolher.

Fonte: http://glo.bo/1PX7X3k