destaque3

O método de estudo varia para cada pessoa, isso porque cada um desenvolve características diferentes: algumas conseguem estudar ouvindo música, ao passo que outras preferem o silêncio para exercer essa atividade. Ao contrário do que aparenta, a prática pede mais do que somente atenção; requer, sobretudo, um ambiente preparado.

Uma quantidade de livros e de cadernos espalhados, alimentos ao redor, fones de ouvido com música no último volume, cadeira com o encosto torto, luz muito fraca: é claro que vai ser difícil fazer a mente render desse jeito. O ideal é que você tenha, pelo menos, seus objetos de estudo organizados.

Primeiro de tudo: você precisa ter um local definido para estudar. Se não puder reservar uma peça inteira para isso, não se preocupe: deixe um cantinho da casa mais reservado destinado a essa atividade. Para o estudo fluir, o ideal é que você deixe aparelhos eletrônicos de lado, como televisão e som no último volume, isso ajudará a tornar a atividade mais saudável.

Vai precisar do computador? Se ele fica no seu espaço, não tem problema. Se você o divide com outras pessoas da casa, combine um horário para que você possa usá-lo para suas pesquisas e seus trabalhos. Ah, tente fazer isso em um lugar sossegado. Se mesmo assim você não conseguir se concentrar, invista em fones com cancelamento de ruído ou em tampões de ouvido, fáceis de encontrar em farmácias.

Para estudar durante bastante tempo, você vai precisar de uma cadeira confortável e uma mesa na altura certa, em que seus pés encostem por completo no chão e os cotovelos possam estar apoiados na mesa sem precisar forçar os braços para cima. Você pode optar por escrivaninhas, com espaço para o computador, livros e cadernos.

interna_600x500-1

Para o ambiente ficar completo, nada de luz fraca: o ideal para os estudos é começar durante o dia, mas se você optar pelos estudos à noite, tenha iluminação direta, de luz branca, pois estas estimulam o trabalho. Você pode optar por abajures em cima da mesa, tendo o cuidado de que o foco esteja no que será escrito ou lido, e não nos seus olhos.

Por último, não se esqueça de ter por perto o material que vai precisar – sem exagerar, é claro. Tenha gaveteiros em que você possa armazenar seu material e que fique ao seu alcance.

Gostou das dicas? Bons estudos. 😉