@destaque-blog

Quem gosta de casa está sempre em busca de ideias e referências para inovar. No entanto, isso não significa que devemos levar em consideração apenas a parte interna da casa. As áreas como churrasqueiras, varandas e fachadas também merecem ser repensadas de tempo em tempo. O revestimento externo de paredes, por exemplo, é uma ótima maneira de dar um novo aspecto visual para a sua residência. Mas, você sabe qual é o tipo de material mais adequado para cada um desses espaços externos?

Existem muitas opções de materiais que podem ser usados como revestimento externo. Porém, fique atento a algumas características dos produtos, como resistência, durabilidade e facilidades na manutenção. Os papéis de parede, por exemplo, não são ideais para a colocação no lado de fora das casas. Superfícies porosas e irregulares também não são boas opções, já que facilitam o acúmulo de sujeira. Entre os revestimentos mais utilizados e adequados podemos citar:

Tinta texturizada: chique, leve e moderno. É ideal para os lugares que não ficam expostos à intensa poluição e é fácil de limpar.

Madeira: considerado um material elegante e atemporal, a madeira funciona bem nas áreas externas, principalmente nas fachadas. No entanto, para não ficar exposta à ação da chuva e do sol, ela precisa ser tratada.

Pedras naturais: este tipo de material é capaz de deixar as paredes externas com um aspecto rústico. As pedras mais utilizadas são a Canjiquinha, São Tomé, Miracema e Pirenópolis. Porém, é preciso ficar atento a absorção de água e gordura, pois as paredes podem manchar. Por esse fator acaba se tornando necessária a realização de uma limpeza mais profunda.

Tijolo à vista: garante um acabamento rústico e representa uma ótima opção para lugares secos.

Porcelanato: por ser um material bastante resistente, ele supera a cerâmica e as pedras naturais. Este material possui diversas cores e modelos no mercado e também possui os mais variados preços.

@tripa