18-08-destaque

Objetos fabricados com painéis de MDF e MDP estão cada vez mais populares. Eles entraram no mercado mobiliário para substituir os aglomerados de baixa qualidade e as madeiras maciças. Considerados painéis de média densidade, os dois são produzidos por meio de processos semelhantes, mas ainda assim cada um têm suas particularidades. Conheça as diferenças:

MDP:
Abreviação para Medium Density Particleboard (painel de partículas de madeira de média densidade) é o material mais utilizado no mundo todo pelo setor moveleiro. O MDP é uma nova tecnologia de painéis industrializados com características superiores às dos painéis já conhecidos. Produzido com cavacos de madeira de reflorestamento, apresenta excelente resistência ao empenamento, possibilitando um revestimento perfeito. É indicado para aplicações diversas, em especial para a parte estrutural dos móveis.

MDF:
A sigla que significa Medium Density Fiberboard (chapa de fibra de madeira de média densidade) se traduz em um material que mais se assemelha à madeira no que diz respeito às possibilidades de manuseio. Compacto e uniforme, o MDF é um painel feito de fibras de madeira proveniente de reflorestamento. A uniformidade possibilita que cortes sejam realizados em qualquer sentido e excelentes acabamentos em peças usinadas. A sua superfície também é lisa e homogênea ao toque. É indicado também para pinturas em geral, por apresentar superfície plana e de fácil trabalhabilidade.