A correria do dia a dia é uma das grandes responsáveis por momentos de stress e por não conseguirmos, muitas vezes, relaxar em nossos momentos de descanso. Adotar algumas rotinas, como a prática de yoga, pode contribuir para uma vida mais tranquila, equilibrada e feliz.

O yoga não é apenas a prática de posturas (ásanas), é também um estilo de vida que envolve cuidados com a saúde mental, física e espiritual e nos proporciona bem-estar. Você pode incorporá-lo no seu dia a dia de forma simples, segura e eficiente no conforto da sua casa. Aqui indicamos algumas posturas iniciais que apoiam o sistema imunológico e irão fazer com que você se sinta mais disposto.

Escolha um lugar tranquilo em sua casa, onde ninguém irá interromper. Pode ser no quarto, sala ou até em uma área externa, como jardim. Desligue o celular e outros equipamentos que podem desviar sua atenção. Sente confortavelmente com a coluna estendida, no chão ou em uma cadeira. Repouse as mãos sobre os joelhos.

MEDITAÇÃO DA RESPIRAÇÃO 

Sentado com a coluna estendida, na postura que lhe for mais confortável. Inspire naturalmente pelas narinas no seu ritmo normal. Não retenha o ar e exale profundamente no dobro de tempo que você levou para inspirar. O ritmo adotado é 1 tempo para inspirar e 2 tempos para relaxar. Se você leva 3 tempos para inspirar, deverá exalar em 6 tempos. Faça 2 minutos por dia dessa respiração e vá aumentando gradativamente.

Peaceful young meditating woman

 POSTURAS DE YOGA

Antes de começar, pegue uma cadeira e um tapete de yoga (se tiver um) ou manta para colocar no chão quando for deitar. Fique descalço. Inicie a série fazendo o mantra universal, OM. Feche os olhos, traga as mãos unidas junto ao centro do peito, em prece. Inspire e faça OM. Esse mantra é o mais importante dos mantras, ajuda a trazer uma conexão com o “todo”  e acredita-se que protege a mente trazendo foco para a prática.

POSTURA: MOBILIDADE DOS OMBROS

Ainda sentado abra suavemente os olhos. Para proteger a coluna e mantê-la estendida, faça uma contração suave no baixo ventre, levando o umbigo em direção as costas. Numa inspiração eleve os braços como se estivesse se espreguiçando e na exalação desça os braços lateralmente até a altura dos ombros.

Volte com os braços para cima enquanto enche os pulmões e desça os braços lateralmente enquanto esvazia. Siga entre essas duas posições permitindo que a respiração conduza todo o movimento dos braços. Faça 10 respirações associadas a esse movimento.

Woman meditating holding arms out

POSTURA: ADHO MUKHA SVANASANA (postura do cachorro olhando para baixo – variação com cadeira)

Você pode utilizar uma cadeira para fazer a postura ou fazer a postura tradicional (foto 3). Inspire e, com os pés afastados na largura dos quadris, apoie as mãos no encosto ou no assento da cadeira e estenda a coluna à frente, deixando a cabeça alinhada com o tronco.  Cuide para não forçar os joelhos, deixe-os levemente flexionados se for necessário. Expire e então encolha suavemente a barriga. Respire na postura de 5 a 10 vezes.

blond woman doing yoga

POSTURA: APANASANA (postura deitada)

Em seguida, deite-se no chão em decúbito dorsal (com as costas no chão). Flexione os joelhos e abrace as pernas contra o peito. Os braços enlaçam por fora dos joelhos. Não force, apenas deixe os braços pesarem e relaxe os ombros. A cabeça e a coluna vertebral ficam em contato com o solo. Pés relaxados. Permaneça na postura por 20 respirações.

SAVASANA (relaxamento)

Para finalizar a prática, a etapa de relaxamento é muito importante. Deite no chão, feche os olhos e deixe o corpo relaxar profundamente.