03-12-dest
Já sabe qual material usar para a construir a sua casa? Na hora de arquitetar o lar, a melhor opção é a que conta. Entre madeira e concreto existem algumas diferenças, portanto, veja as características de cada um e decida o que é melhor para você:

Madeira: esse tipo de material pode compor pilares, vigas e forros estruturados com vigotas. A madeira requer mão de obra especializada, mas também traz vantagens do ponto de vista ambiental e de projeto. É de rápida execução, possibilita uma obra limpa, manutenção simples e um menor consumo de energia no processo de produção e extração. Sua estrutura é leve e gera economia nas fundações, porém custa, em média, 30% a mais que a de concreto armado. O valor pode variar para menos se houver por perto fornecedores que possuem produtos certificados pelos órgãos responsáveis (Ibama, INMETRO), e se a variedade escolhida estiver disponível na região. Como desvantagem, ela não suporta muitos pavimentos nem grandes vãos e exige tratamento contra insetos e fungos. Apesar de ser feita com maior frequência, a cada dois ou três anos, ela quase sempre se resume à reaplicação de verniz ou stain. O custo médio por metro quadrado de uma obra residencial beira a R$ 480,00.

Concreto: a manutenção do concreto é superficial – de tinta ou verniz – e, ao contrário da madeira, só precisa ser feita a cada cinco anos. Em construções desse tipo, não há limitação de vãos e da quantidade de pavimentos. A execução da obra com concreto é lenta, e o material pode vir a apresentar descascamentos, fissuras e corrosão na armadura, embora o material utilizado seja barato e fácil de encontrar no mercado. O custo médio por metro quadrado de uma obra residencial é de R$ 370,00.

Fonte: http://abr.ai/1HcTqPB