@destaque-blog

Com o frio que está chegando, nada melhor do que ficar em casa e se aquecer em frente à lareira. Mais do que proporcionar uma temperatura agradável, elas também possuem um forte apelo decorativo. Apostando nos elementos certos, você pode combinar criatividade com ousadia e criar um espaço bastante agradável em casa.

Antes de escolher o revestimento, que também depende da sua própria decoração ou de como será o estilo da casa, é preciso pensar em qual modelo de lareira é mais apropriado para a sua residência. Nas coberturas, é possível utilizar muitos tipos de revestimentos desde mármores, tijolos à vista, painéis de madeira até pedras. Mas você conhece todos os formatos de lareiras disponíveis? Saiba mais sobre as características de cada um:

Lareira ecológica: prontas para utilização e não requerem chaminé. É atóxica, o álcool utilizado é o etílico líquido ou fluído incolor. Bastante econômica permite que a chama se mantenha acesa por até 5 horas.

Lareira elétrica: são fáceis de instalar e necessitam somente de uma tomada exclusiva e dimensionada. Não exigem tubulações, chaminés, coifas ou dutos. Baixo consumo de energia elétrica. O modelo não requer limpeza, pois não necessita de troca de lenha.

Lareira a gás: são mais eficientes que as lareiras a etanol e elétricas com relação ao tempo e à capacidade máxima de aquecimento, porque mantêm melhor a temperatura ambiente. A manutenção preventiva exige apenas limpeza anual, e alguns modelos dispensam chaminé necessitando apenas de um duto para o gás e um ponto elétrico.

Lareira a lenha: podem ser feitas em chapas metálicas ou alvenaria e possuem baixa capacidade de aquecimento se comparada a outros tipos de lareira.

@tripa